Oxigenoterapia

Tamanhos e referências

NasoSafe® é uma cânula nasofaríngea projetada para manter desobstruída as vias aéreas de pacientes através de uma das passagens nasais, quando o acesso pela boca não for possível, por exemplo em lesões ou outras complicações médicas.

 

 

A cânula nasofaríngea NasoSafe® foi desenvolvida em um tubo curvo com uma parte superior chanfrada e tem bordas arredondadas e lisas, o que auxilia e facilita a inserção da cânula no nariz evitando traumas na membrana nasal.

 

 

A borda rotativa na extremidade superior (alça de segurança) no NasoSafe® foi pensada para evitar que a cânula entre totalmente na passagem nasal, evitando o bloqueio da mesma.

 

 

O código de cores da alça de segurança indica o tamanho de cada NasoSafe®. A alça de segurança pode ser girada 360° para a posição mais conveniente sem bloquear a narina, além de auxiliar na remoção.

 

 

A NasoSafe® também pode ser usado como um acesso/cateter para outros dispositivos médicos, como sondas de sucção.

 

 

A NasoSafe® é destinada ao uso em ambientes de emergência, pré-hospitalares, hospitalares e domésticos, mas sempre por pessoal treinado.

Benefícios

  • Latex Free;
  • PVC de grau médico;
  • Extremidade alargada e ponta giratório evita a inserção excessiva na passagem nasal;
  • A alça de segurança giratória evita que o NasoSafe seja empurrado para a passagem nasal, eliminando a necessidade de qualquer dispositivo de fixação adicional, como um pino de segurança;
  • A alça de segurança giratório, é codificada por cores para indicar o tamanho;
  • Projetado para ser inserido em qualquer narina;
  • O tubo tem formato macio e arredondado para evitar traumas;
  • O composto de tubo de PVC contém ftalato DEHP.

O comprimento da cânula nasal pode ser calculado pela distância da narina do paciente ao lóbulo da orelha ou ângulo da mandíbula.

A melhor maneira de inserir a cânula nasal é colocando o paciente em posição supina. Lubrifique a cânula com um lubrificante solúvel em água antes da inserção.

Entre orientando a curva na direção oposto e siga a passagem nasal enquanto gire a cânula nasofaríngea 180°.

Rolar para cima